Blog Frontera

Conhecendo o universo das pimentas: os benefícios que vão além da ardência

Saiba mais sobre esse ingrediente que é muito utilizado na culinária de diversos países, principalmente do México

Quando o assunto é pimenta, as opiniões costumam divergir nas rodas de conversa. É 8 ou 80: ou você gosta ou não gosta.

Embora esse fruto seja muito conhecido e utilizado para dar mais tempero e sabor aos alimentos, principalmente em pratos mexicanos, foram os europeus que iniciaram o cultivo e fizeram a inclusão do ingrediente na culinária. A pimenta apresenta diversos benefícios quando consumida, além de ter uma ampla variedade e diferentes formas de uso.

Vantagens no consumo do fruto

As pimentas variam de acordo com sua origem e picância, podendo ter várias cores, como preta, branca, verde e vermelha. Entretanto, a ardência não é sua principal função na culinária, já que ela também pode ser utilizada pelos seus benefícios para a saúde. O fruto é rico em capsaicina e vitaminas A, B1, B2, C, K, além de niacina e flavonoides, que conferem ao alimento propriedades antioxidantes, analgésicas, antibacterianas e anti-inflamatórias. A pimenta pode ainda, auxiliar na aceleração do metabolismo, na perda de peso e no alívio de dores.

Quanto mais forte o sabor da pimenta, maior a presença de capsaicina, que se encontra principalmente nas sementes e nervuras da casca do fruto. Quem não tem o costume de adicionar esse ingrediente nos pratos, pode iniciar com os sabores mais leves.

Diversos níveis de ardência

As pessoas que não tem o costume de comer pimenta podem se assustar em um primeiro momento, mas existem espécies que contam com baixo teor de ardência. Para quem quer se aprofundar nesse universo e se acostumar aos poucos, o ideal é iniciar com as pimentas mais leves, como:

Conforme acostumar seu paladar, você pode consumir pimentas com um nível de ardência mais forte e, até mesmo, arriscar colocá-las em pratos mais diferentes.

Pimenta e a culinária mexicana

Na culinária mexicana, a pimenta é bastante utilizada há muitos séculos, especialmente para destacar o sabor nos pratos. Como o país possui um clima muito quente, o fruto ajuda no equilíbrio da temperatura corporal e diminui a sensação de calor.

Utilizada em quase todos os pratos mexicanos, desde os mais típicos até a alta gastronomia, a pimenta é considerada um ingrediente fundamental no país. O México é apontado como uma das regiões com a maior diversidade de consumo do fruto – todas as pimentas possuem diferentes sabores e teores de picância. Até mesmo bebidas e sobremesas não escapam desse costume.

A melhor forma de consumo

A melhor maneira de consumir a pimenta é quando ela está fresca, pois preserva todos os seus nutrientes. No entanto, é preciso estar atento à quantidade consumida, pois a ingestão excessiva pode ser prejudicial para pessoas que possuem doenças gástricas e intestinais, trazendo incômodos.

Agora você já sabe: se for pedir comida em um restaurante com foco em culinária mexicana e não estiver tão habituado a uma alimentação mais picante, opte pelas versões mais leves dos pratos.


Compartilhe:

Pular para o conteúdo